“Diga Aí”: Christiane Padilha Ereias – Fórum Social Mundial

“DIGA AÍ”: CHRISTIANE PADILHA EREIAS – FÓRUM SOCIAL MUNDIAL

Nossa colega Christiane Padilha Ereias, a Chris, que está lotada em Dias D’Ávila, foi uma das inscritas pelo SINDSEMP-BA para participar do Fórum Social Mundial, ocorrido entre os dias 13 e 17 e março de 2018, em nosso capital. A atividade fez parte das comemorações de 10 (dez) anos do nosso Sindicato e a Chris fez questão de mandar suas impressões.
Confere só e DIGA AÍ, CHRIS!

“Participar de um fórum requer minimamente olhares um pouco mais atentos do que empolgados.

Certamente um evento de cunho social que, por si só, traduz a importância de reflexões e manifestações sobre as discussões e pautas dos acontecimentos e fatos que permeiam a agenda comum mundial, ao menos as expectativas giram em torno disso.

De fato, as presenças significativas de produtos científicos (apresentação de pesquisas) e intervenções culturais e artísticas (oficinas, stands, banners, etc) expostos de diversas maneiras possíveis ao longo não só da programação aparentemente extensa, mas não menos importante, plasmam cada momento de interação que o capital humano pode criar e apreciar.

Da concentração nacional, com a participação das caravanas representantes de seu Estado/Região, observa-se não somente uma representação do esforço de uma logística inclusiva preocupada em minimizar quaisquer transtornos em sua realizacão e efetiva participação, mas também constatam-se intenções proeminentes de atitudes de ética e bom senso na construção de ambientes de compartilhamentos de informações e, mais até, de troca de experiências/percepções

Com efeito, passada a euforia do primeiro dia (o credenciamento) e o reconhecimento in loco da dimensão desse evento, e com a marcha de abertura nas ruas do Centro da capital baiana, o FSM 2018 trouxe muita lenha para fogueira ao acontecer numa conjuntura internacional em latente ebulição que (re) clama por JUSTIÇA.

Das tendas de discussões e seus eixos temáticos às praças com seus stands internacionais, todos encontramos estampadas as atrocidades pelas quais as suas respectivas nações denunciam ao mundo o que acham que não está correto para a saúde comunitária global e mundial.”

Gostou? Curtiu? Compartilhe com seus colegas de trabalho! Quer participar? Envie um e-mail para comunicacao@sindsempba.org.br, ou entre em contato através do 71 99294-1004 (também WhatsApp), e saiba como.

#Filie-se!

Notícias Relacionadas